18.7.06

OUTRO POEMA DE GUANTÁNAMO




SAUDADES DE TI, MÃE

Por Imad Abdullah Hassan

Tenho saudades de ti, mãe, e o meu coração está consumido.
Juro pela Criação inteira que não sei como falar-te.
De noite, nos meus sonhos sonâmbulos, sinto o teu amor
chamando-me: Onde está Imad?

Todos aqui receberam cartas que aliviam o seu coração.
Mas eu, sofrendo, vivo afastado, na minha solidão.

Comments:
A triste realidade em poema.
Um abraço. Augusto
 
ler-te ao som do "nosso" Zeca Afonso, e enviar-te um beijinho..
 
Cool blog, interesting information... Keep it UP »
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?