27.2.05

GRAND-PLACE, EM BRUXELAS




Já mergulhei em Bruxelas, a partir da Grand-Place, mas gosto deste retrato chegado do JL que lá vive:

"Deixa-me dizer-te que Bruxelas, mesmo que outros encantos não tenha que valham o desvio, a Grand-Place não é imponente, mas é magnífica. Quer seja despida e nua, quer "vestida" com o Presépio e a árvore de Natal, quer com comércio de um dia mostrando especialidades (diria sabores) de vários cantos do mundo, quer com festas animadas de música e outras cerimónias ou eventos, quer sem nada disto mas com o colorido de gente em dias solarengos que enchem as explanadas dos seus cafés típicos, quer à noite, em dias de festa e no Verão, com os seus jogos de luzes, a Grand-Place de Bruxelas é encantadora. É verdade que, depois de tomar conhecimento da sua beleza artística natural, gosto muito de a apreciar pela sua vertente ambiente "mundana ou hedonista" in loco, numa esplanada, com um copo de cerveja "Mort Subite" da cidade ou de "Leffe" de uma Abadia do Sul do país, de preferência no Verão. E assim se “casa” a beleza com o agradável. Os Belgas dizem que é a praça mais bonita do mundo. Por vir de quem vem, a afirmação é suspeita. Mas o encanto da Grand-Place, esse, não é suspeito."



Comments:
Excellent, love it! film editing classes
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?