19.1.05

ADOLFO SCILINGO




Está a ser julgado em Espanha este presumido ( ah, a linguagem!)criminoso argentino. Estava de férias no México, de onde foi extraditado, a pedido do juiz Baltazar Garzón. Também se chama Adolfo mas do que ele é acusado é de genocídio, terrorismo e torturas cometidos durante a ditadura fascista argentina (1976-1983).

O sistema espanhol, que permite a acumulação de penas, pede para Scilingo um total de 6 600 anos de cárcere, devido a crimes confessados de 30 assassinatos ( participou, segundo disse, em dois voos de morte, que lançaram ao Oceano Atlântico a 13 e a 17 pessoas, nus e drogados, no alto mar), 93 delitos de lesões, 255 de terrorismo e 286 de torturas, já que, em 1977 e como tenente naval, esteve na sinistra Escola Mecânica da Armada argentina.

A notícia alegra-nos. Os ditadores e seus lacaios já não podem dormir descansados. Como com o julgamento de Pinochet e de outros fascistas chilenos, a História e a Justiça parecem estar a caminhar para o lado dos cidadãos. Talvez chegue o dia em que Bush, Blair, Aznar, Barroso e outros se sentem no banco dos réus. Como Ariel Sharon ou Kim Il Sung,José Eduardo dos Santos ou Mugabe. E muitos mais.Por crimes contra a Humanidade.




Uma rosa cósmica para todos
os que morreram pela LIBERDADE.






Comments:
Cool blog, interesting information... Keep it UP film editing schools
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?