6.12.04

SCUTS





Finalmente, um argumento válido para manter as SCUTS (auto-estradas sem custos para o utilizador) sem o pagamento de portagem e deitar abaixo o discurso demagógico e populista deste quase-governo. Foi proferido por Fernando Gomes,esse mesmo,o ex-presidente da CM do Porto e ex-ministro, copiando outro ex-ministro, o eng.º Cravinho:

1. Quem paga as estradas, em geral, são os automobilistas e não todos os portugueses!
2. As Scuts são pagas por quem - E SÓ POR QUEM - tem automóvel!
3. Os proprietários de automóveis pagam dois impostos: o IA (Imposto Automóvel), cobrado na compra e o ISP (Imposto Sobre Veículos), que sai do bolso dos automobilistas quando abastecem os seus carros!
4. As receitas destes impostos correspondem a 4.300 mil milhões de euros (OE de 2004)!
5. A finalidade específica destes impostos é "a conservação, manutenção e a segurança da rede rodoviária"!
6. O IEP (Instituto de Estradas de Portugal)dispõe, em 2004, de 750 mil milhões de euros para essas tarefas, o que equivale a 1/6 do que o estado arrecada dos automobilistas para essas mesmíssimas tarefas!
7. A soma das portagens virtuais com o orçamento do IEP dá 1250 mil milhões de euros por ano!
8. Como o Estado arrecada 4.300 mil milhões de euros dos automobilistas, ainda fica com 3.050 mil milhões de euros dos mesmíssimos automobilistas!

9. Como é possível manter a demagogia mentirosa deste governo?

Comments:
Where did you find it? Interesting read » » »
 
What a great site »
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?